José Varejão

Dados Institucionais

Filiação: Universidade do Porto – Faculdade de Economia

Morada profissional: Faculdade de Economia, Rua Dr. Roberto Frias, 4200-464 Porto

Correio eletrónico: varejao@fep.up.pt

Curriculum Vitae

Doutoramento em Economia pela Universidade do Porto (2001). Área de especialização: Economia do Trabalho.

Professor Associado da Faculdade de Economia da Universidade do Porto; investigador integrado do Centro de Economia e Finanças da Universidade do Porto e research associate do  IZA – Institute for the Study of Labour (Bona).

Desde 2015, Diretor da Faculdade de Economia da Universidade do Porto. Membro do Conselho Geral da Porto Business School e do Conselho Geral do INESC-TEC. Membro da direção da UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (2018/19).

Foi consultor e colaborador externo de diversas instituições, nomeadamente, da Comissão de Coordenação de Desenvolvimento da Região Norte, do Instituto Nacional de Estatística e do Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social. Foi membro do Conselho Consultivo do Instituto de Emprego e Formação Profissional (Norte). Foi também consultor da equipa responsável pela Avaliação Ex-Ante do Acordo de Parceria para a Aplicação em Portugal dos Fundos do Quadro Estratégico Comum 2014-2020 (ICETA – Observatório do QREN). Responsável pelo Estudo de Avaliação do Impacto das Políticas Ativas para o Mercado de Trabalho previsto no memorando de entendimento entre Portugal, a União Europeia, o Fundo Monetário Internacional e a OCDE. Foi responsável por diversos projetos de investigação financiados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia entre outras.

Artigos publicados em revistas científicas internacionais com processo formal de revisão:

  1. Tavares, Marisa, Anabela Carneiro, e José Varejão; The Spatial Dimension of Internal Labor Markets; Journal of Regional Science, 58: 181-203; 2018.
  2. Martins, Pedro S., Matloob Piracha, e José Varejão; Do Immigrants Displace Native Workers?; Economic Modelling, 72: 216-222; 2018.
  3. Mota, Paulo, José Varejão, e Paulo Vasconcelos; A Hysteresis Model-Based Indicator for Employment Adjustment Rigidity; Empirica, 42: 547-569; 2015.
  4. Addison, John T., Pedro Portugal, e José Varejão; Labour Demand Research: Towards a Better Match Between Better Theory and Better Data; Labour Economics, 30: 4-11; 2014.
  5. Carneiro, Anabela, Pedro Portugal, e José Varejão; Catastrophic Job Destruction During the Portuguese Economic Crisis; Journal of Macroeconomics, 39 (Part B): 444-457; 2014.
  6. Carneiro, Anabela, Natércia Fortuna, e José Varejão (2012). Immigrants at New Destinations: How they fare and why. Journal of Population Economics, 25: 1165-1185.
  7. Cardoso, Ana Rute , Daniel S. Hamermesh, e José Varejão (2012). The Timing of Labour Demand. Annales d´’Economie et de Statistique, 105-106: 15-34.
  8. Mota, Paulo, José Varejão, e Paulo Vasconcelos; Hysteresis in the Dynamics of Employment; Metroeconomica, 63(4): 661-692; 2012.
  9. Cardoso, Ana Rute, Paulo Guimarães, e José Varejão (2011). Are Older Workers Worthy of Their Pay?: An empirical investigation of worker-productivity and worker-age nexuses. De Economist, 159: 95-111.
  10. Varejão, José e Pedro Portugal (2007). Employment Dynamics and the Structure of Adjustment Costs. Journal of Labour Economics, 25: 137-165.
  11. Santos, Luís Delfim e José Varejão (2007). Employment, Pay and Discrimination in the Tourism Industry. Tourism Economics, 12: 225-240.
  12. Varejão, José (2003). Job and Worker Flows in High Adjustment Cost Settings. Portuguese Economic Journal, 2: 37-51.

Este trabalho é financiado por fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto PTDC/CED-EDG/29726/2017. 

Competências para o Futuro do Emprego

Rua 1º Dezembro 399 4450-227 Matosinhos PORTUGAL

Email: s4f@cipes.up.pt