Os retornos da educação pós-graduada

Miguel Portela
João Cerejeira
Carla Sá
Pedro Teixeira
Hugo Figueiredo

Hugo Figueiredo, Miguel Portela, João Cerejeira, Carla Sá e Pedro Teixeira, em co-autoria com André Almeida e Catarina Braga, apresentaram a comunicação “Returns to Postgraduate Education: Holding on to a Higher Ground?” na Portugal Stata Conference 2020. Nesta comunicação foi proposto um método inovador para medir a importância de diferentes determinantes das diferenças salariais entre diplomados de segundo e primeiro ciclo do ensino superior português, num contexto de rápida massificação do primeiro destes grupos. Em particular, o estudo faz uma distinção entre prémios salariais obtidos em empregos comparáveis entre os dois grupos e prémios salariais obtidos pela capacidade de aceder a profissões mais bem pagas e mais complexas. Os autores mostram que ambas as fontes são relevantes mas que, inclusivé, a primeira tem vindo a ganhar importância nos últimos anos. Os dados parecem confirmar que os diplomas de segundo ciclo tem de facto sido capazes de evitar uma quebra salarial mais forte no contexto de uma forte recomposição do emprego de diplomados do ensino superior em Portugal”.

Competências para o Futuro do Emprego

  • Rua 1º Dezembro, 399
    4450-277 Matosinhos
    Portugal
  • s4f@cipes.up.pt

Este trabalho é financiado por fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto PTDC/CED-EDG/29726/2017.